Um capot que "cola" peões atropelados? É da Google

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Um capot que "cola" peões atropelados? É da Google

Mensagem  Cristina Nogueira em Sex 20 Maio 2016 - 22:14



Se for atropelado, o carro da Google não o deixa cair. É isso que propõe a solução patenteada pela empresa: um capot aderente que, em caso de atropelamento, agarra a pessoa e não a deixa ser projectada.

A Google patenteou a 17 de Maio uma solução para os seus carros autónomos, que visa apostar na segurança dos peões que possam ser atropelados, reduzindo os ferimentos. Ainda não sabe se a ideia passará do papel para a realidade – são muitas as patentes que se ficam por apenas isso – mas, se tal acontecer, esta tecnologia pode vir futuramente a ser integrada em qualquer tipo de automóvel.

Para evitar os problemas que possam surgir com o facto de os capots disporem de uma forte capacidade aderente, esse "adesivo" é ocultado por um material semelhante à casca de ovo, que se fragmenta em caso de impacto com um corpo, explica o El Mundo. É uma forma de esta superfície "colante" não agarrar todo o tipo de insectos ou objectos que possam ir contra o automóvel.

O impacto do choque, acrescenta o The Mercury News, exporá então essa camada adesiva que "cola" a pessoa ao capot, evitando que seja projectada e caia no chão – o que costuma ser a causa de maior gravidade nos acidentes, já que além da força com que bate no solo pode ainda dar-se o caso de o carro lhe passar por cima.

"Idealmente, a superfície adesiva da parte dianteira do veículo poderá ser activada com o contacto, fazendo com que o peão fique ‘colado’ quase instantaneamente", sublinha a descrição da patente, citada pelo The Guardian.

O jornal britânico recorda que outras companhias automóveis têm também apostado no reforço da segurança dos peões quando há um atropelamento. É o caso da Citröen e de alguns Jaguar, que usam um dispositivo que faz com que a dianteira do carro suba 6,5 centímetros quando há um impacto, funcionando assim como amortecedor no choque com a vítima.

Outras fabricantes, como a Land Rover e alguns modelos europeus da Volvo (com o seu V40) desenvolveram "airbags" exteriores que se abrem na base do pára-brisas e que também amparam os peões – já que o choque com o pára-brisas costuma ser a causa de lesões cranianas.

Esta patente foi apresentada em 2014 mas só agora foi concedida à Google, refere a Inhabitat.

Segundo a tecnológica de Silicon Valley, citada pelo The Mirror, apesar de haver tecnologia para isso, a maioria dos veículos ainda é produzida sem ter conta a possibilidade de reduzir o impacto com um peão.

Jornal de Negócios
avatar
Cristina Nogueira

Mensagens : 2322
Data de inscrição : 09/06/2013
Localização : Fanzeres-Gondomar
Marca: : Suzuki
Modelo: : Burgman AN 650

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum